Acorde!!!!!!! Desfrute de seus rendimentos! (*)

O título do artigo é ousado, mas é isso mesmo! É a arte de você desfrutar de rendimentos que recebe a cada período. Isso depende de como os rendimentos chegam até você: semanalmente, quinzenalmente, mensalmente ou outro referencial de tempo qualquer. Não importando em que época eles cheguem, você vai adequar os ensinamentos adquiridos de acordo com “sua” realidade.

Em nosso artigo “Como distribuir seus rendimentos para conquistar a Liberdade Financeira” (www.quagliatoconsultoria.com.br/blog), informamos que passaríamos, conforme possível, a refletir sobre cada um dos seis blocos contemplados naquele texto. Iniciaremos nossa jornada refletindo sobre a necessidade de você desfrutar de seus rendimentos criando um ambiente favorável para que sinta prazer em seu trabalho e entenda que ele permite você desfrutar das coisas boas da vida.

Quem nunca disse ou ouviu esta frase: “Trabalho somente para pagar contas”? Interessante que, na maioria das vezes, essas contas não têm nada a ver com viagens, passeios, lazer nem outras oportunidades que permitam que você desfrute de seus rendimentos, os quais foram trabalhosos para serem conquistados. Esse “desabafo” está sempre ligado às contas que se avolumam numa intensidade maior do que sua capacidade de encontrar recursos para quitá-las. E, ao final, o que sobra para que você desfrute do resultado do trabalho? Nada!

Creio que você deva estar pensando, neste momento: No “final das contas”, se já me faltam recursos para quitar todas os meus gastos correntes, como farei para ter esse privilégio de gastar parte de meus rendimentos? Entenda o seguinte: Com essa mentalidade, você cria um círculo vicioso que alguns chamam de “caminho do rato”, que torna você prisioneiro de uma situação que parece não ter fim. É importante que você mude essa forma de pensar, ou, conforme alguns preferem, “é tempo de os paradigmas mudarem”.

Para isso, neste primeiro bloco você estará dando um passo muito importante, pois partirá de uma situação na qual tem em mente que seus recursos são insuficientes, ou seja, se eles já não conseguem quitar todas as contas normais do mês, como você fará para separar um percentual de seus rendimentos líquidos, a fim de que desfrute daquilo que esse percentual consegue comprar para sua satisfação? Além disso, como você conseguirá quitar todas as contas normais do mês?

Embora sejam muitos os questionamentos em relação a esse ponto de partida, você terá de acreditar, dar o primeiro passo e seguir em frente. No primeiro mês, haverá muitas dúvidas sobre como ficarão as contas normais, porém, à medida que você for desfrutando de uma parte de seus rendimentos para gastar consigo mesmo(a), estará incorporando esse novo hábito em seu cotidiano, o qual o(a) posicionará para aumentar suas receitas, diminuindo gastos excessivos e eliminando gastos que sejam desnecessários.

A ideia intrínseca não é de “dar calote” nas demais contas. Longe disso! O que se pretende é estimular sua criatividade para dimensionar seus gastos em relação a seus rendimentos líquidos e distribuir esses rendimentos em blocos de contas que lhe permitam administrar melhor seus recursos.

Ressaltamos que os blocos divisórios e seus referidos percentuais propostos naquele artigo não precisam ser seguidos. Você tem suas peculiaridades, mas há uma necessidade imperativa de você ter um planejamento financeiro, a fim de que tenha também condições de alcançar seus objetivos, o que lhe permitirá ter uma vida plena.

Caso você tenha alguma dúvida ou queira informação adicional sobre o tema, entre em contato conosco para podermos ajudá-lo.

(*) Este artigo faz parte da série “Como distribuir seus rendimentos para conquistar a Liberdade Financeira”, do mesmo autor e já publicado neste blog.

João Daniel Quagliato, Contador, Economista, Pós-Graduado em Contabilidade e Finanças, Consultor Econômico-Financeiro e Professor de Pós-Graduação na área de Negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *